10 de março de 2009


Hoje cantei ao Universo, voei...

a borboleta azul pousou na minha mão

sorri para ti...neste constante riso

de Primavera a florir.

E era uma vez...

Música doce a sentir

o som mais simples

violino a vibrar

a sinfonia do amor.

Hoje...era uma vez...


2 comentários:

  1. Enquanto tú estas na primavera, eu estou no outono. Mas a primaver tem seus encantos, sua beleza.

    Lindo seu poema.
    Beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  2. gosto das tuas histórias de encantar, sinto que dizem mais que simples palavras, atrofiam todos os meus neurónios como se os obrigassem apenas a relembrar os teus poemas... risos... e sons que só o teu violino sabe tocar....
    beijocas

    ResponderEliminar